Defumação energética com cebola e alho

Há algumas semanas falei-vos da importância das defumações, e como devemos proceder.

Hoje, resolvi falar-vos de uma defumação específica, no entanto excelente para proceder à limpeza energética da nossa casa. Embora feita geralmente no final do mês (em que é encerrado um ciclo), é também excelente para fazer, por exemplo, na lua nova… ou simplesmente quando sentirmos 😉

Nesta defumação queimamos cascas de cebola e de alho, porquê?

A cebola é normalmente associada a proteção energética. Absorve as energias densas e aumenta a nossa proteção. O alho elimina as energias densas absorvidas pela cebola e fortalece o escudo de proteção gerado por ela.

Materiais:
1 mão cheia de cascas de cebola
1 mão cheia de cascas de alho
1 pedaço de carvão vegetal
1 panela
Fósforo
Álcool (para ajudar a queimar as cascas)

Procedimento:
1. Concentra-te e conecta-te com os teus Guias, pedindo permissão para realizar este ritual.

2. Coloca um pedaço de carvão dentro da panela e acende-o, com cuidado. Espalha as cascas por cima e, segurando o recipiente, caminha por todas as divisões da casa, da esquerda para a direita, desde e até à porta de entrada.

Repete em voz alta, enquanto circulas pela casa:

“Que qualquer energia negativa, miasma ou desequilíbrio emocional e energético
Seja Purificado e Banido Agora
Pela Chama Violeta de Saint Germain
Através do poder que esta raíz me concede.

Que assim seja!”

3. No final, volta ao local onde iniciaste a defumação e agradece pela proteção e limpeza.

Deixa o defumador em um local seguro até o carvão se apagar, ou então apaga com água.

Após a realização deste Ritual, podes enterrar as cinzas, ou esperar que arrefeçam e colocar num saquinho e levar para o contentor. Não deixes as cinzas dentro de casa, para não manter as energias densas no local.

Boas defumações!

Gratidão.

Sónia Moreira
Mestre e Terapeuta de Reiki
Mentora de Desenvolvimento Pessoal e Espiritual

Partilha!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *