Vampiros Energéticos

Há uns meses escrevi um artigo em que explicava o que são energias densas. Hoje, venho falar-vos de um tema que se encontra diretamente relacionado, e que, embora não seja desconhecido de algumas pessoas, ainda gera alguma dúvida.

Então, o que é um vampiro energético?

Para percebermos o que é um vampiro energético, primeiro temos que relembrar que todos somos energia, e todos temos uma determinada vibração que emitimos. Consoante o nosso humor, estado de espírito, intenções, etc, podemos vibrar de forma mais densa (vibrações baixas), ou mais subtil (o chamado vibrar alto). Assim, se vibrarmos em raiva estamos a vibrar baixo, se vibrarmos em amor estamos a vibrar alto.

Mesmo variando ao longo dos dias e estados de espírito, todos temos uma determinada média vibracional. És geralmente uma pessoa positiva, generosa, bem-disposta e agradável? Vibras certamente mais alto que alguém negativo, critico, implicante.

Todos nós, nesta média de vibração, temos o ponto vibratório mais elevado (em que nos sentimos melhor), e o mais denso (quando estamos mesmo negativos ou em baixo).

Então, sabendo agora que todos emitimos vibrações diferentes, vejamos o seguinte exemplo:

A pessoa A tem uma vibração geralmente mais elevada. É positiva, generosa e alegre. Há Alturas em que o é menos, mas é o seu estado habitual. A pessoa B é uma pessoa densa. Critica e julga todos, nunca está bem com a vida ou feliz. No seu máximo vibratório, sente-se um pouco melhor. A pessoa A e B quando estão juntas, a pessoa A, com a vibração mais alta, tende a baixá-la devido às conversas, atitudes e energia da pessoa B. A pessoa B por seu lado, tem atenção e energia subtil da pessoa A, por isso encontra-se no seu máximo vibratório, sentindo-se bem. No final do encontro, a pessoa A sente-se drenada, exausta, em baixo. Isto porque a sua vibração desceu enquanto esteve em contacto com aquela pessoa. A pessoa B sente-se extremamente bem. Mesmo não sendo consciente, sabe ou sente que é bom estar naquela companhia. Então, a pessoa B é um vampiro energético. De forma inconsciente ela está a sugar energia, a aproveitar-se da vibração daquela pessoa. Quantos de nós já passamos por situações assim?

Então, e como nos podemos proteger?

Tentar evitar estar com essas pessoas, se sabemos de antemão que nos deixam sugadas/drenadas. Vibrar alto, emitindo amor, compaixão. Porque a nossa vibração é a nossa melhor defesa energética!

Gratidão!

Sónia Moreira
Mestre e Terapeuta de Reiki
Mentora de Desenvolvimento Pessoal e Espiritual

Partilha!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *