O que é ser Terapeuta de Reiki

Para explicar o que é ser terapeuta de Reiki, vou começar por esclarecer o que não é: não é um@ brux@, curandeir@, guru, habilidos@ ou vidente; não é aquel@ que faz práticas diabólicas, espíritas ou religiosas; não é aquel@ que dá a sua energia ou suga a energia d@s outr@s; não é aquele charlatão que não tem mais nada que fazer na vida, a não ser usar e impingir mezinhas a outras pessoas.

Ser terapeuta de Reiki é ser um canal, para que a energia universal (da fonte, ou como te faça mais sentido chamar) vá para onde precisa de ir. Mas, acima de qualquer forma de terapia, é viver em verdade, é ser essência e trabalhar na luz e no amor. Terapeuta de Reiki é aquela pessoa que se interessou, estudou, adquiriu conhecimentos e competências, segue uma conduta de deontologia e ética profissional, mas que também experienciou e viveu aquilo que vai transmitir a quem procura a sua ajuda. E só assim faz sentido.

Qualquer pessoa pode ser terapeuta de Reiki?

Sim. Tod@s nós já sabemos aplicar Reiki desde que nascemos, mas muitos de nós foram esquecendo que têm essa capacidade. Ao (re)aprender, num curso de Reiki, vais despertar essa consciência e, acima de tudo, trabalhá-la, primeiro em ti própri@ e, só aí, estarás preparad@ para aplicar também nos outros seres. É um trabalho de dentro para fora.

Numa sessão de Reiki, há troca de energia entre terapeuta e recetor?

Lembras-te que @ terapeuta de Reiki é um canal e, assim sendo, não está a dar nem receber nada que seja del@. Está sim a canalizar a energia que vem do universo/fonte. Essa energia é sábia e sabe exatamente para onde ir, na quantidade certa, no momento certo e, assim sendo, também @ terapeuta poderá receber, se assim necessitar e desejar. A energia manifesta-se de diferentes formas, sendo que uma das mais comuns é o recetor sentir as mãos quentes d@ terapeuta, talvez por este motivo tenha surgido o mito quanto a estar a receber a “sua” energia.

Quem recebe Reiki é curad@ pel@ seu terapeuta?

Apenas quem recebe Reiki tem capacidade de trabalhar na sua própria cura, seja ela ao nível físico, espiritual, energético ou qualquer outra dimensão do seu Ser. Pelas mãos (e não só) d@ terapeuta, tu vais receber Reiki e, com essa energia de luz e amor, vais fazer a tua própria cura. Ninguém melhor do que tu própri@ para saber o que necessitas, desejas e aceitas curar, mas para isso tens de ter consciência e escutar o que a tua essência (alma, intuição, coração ou como prefiras chamar) te diz.

Então, qual é o papel d@ terapeuta de Reiki?

Para além de canalizar energia, @ terapeuta deve apoiar-te no teu processo de cura, sem qualquer diagnóstico ou juízo de valor. Ser terapeuta é ter uma responsabilidade muito grande, pois somos todos seres multidimensionais e somos pessoas a cuidar de pessoas, com as suas histórias de vida, com as suas memórias, com as suas fragilidades, com a consciência mais ou menos desperta. Portanto, o papel d@ terapeuta de Reiki é estar presente, com toda a sua luz, amor, consciência e humildade. É ter noção que não sou eu, terapeuta, que está a curar o recetor da “minha” terapia e que só posso guiar aquele Ser no seu desenvolvimento pessoal, na sua jornada de cura, se eu própri@ tiver conhecimentos e experiência que mo permitam. E, acima de tudo, ter consciência que aquele Ser vai fazer apenas o caminho que lhe servir, para a sua própria evolução, independentemente da minha vontade ou opinião.

Então, de uma forma muito resumida, ser terapeuta de Reiki é ser trabalhador@ da Luz, em amor, consciência, respeito e humildade.

Gratidão!

Maria Sacramento
Mestre e Terapeuta de Reiki
Mentora de Desenvolvimento Pessoal e Espiritual

Partilha!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *